Objetivos do Programa

Disseminar e reconhecer as experiências pedagógicas em leitura digital que sirvam como inspiração e exemplo a outros educadores, contribuindo para a transformação da Educação no Brasil.

Aliar teoria e prática na implementação de projetos de leitura digital no Ensino Fundamental.

Elaborar o estudo com relatos e experiências de situações didáticas reais, provendo uma visão prática sobre iniciativas de leitura digital em sala de aula.

Especialistas e mediadores

Roxane Rojo

Especialista em
multiletramento e leitura

Rodrigo Abrantes

Especialista em
tecnologia educacional

Leticia Reina

Especialista em leitura e gestora pedagógica da Guten

Professora do Departamento de Linguística Aplicada da Unicamp, tem se dedicado a questões relacionadas à educação linguística. Autora e organizadora de publicações referenciais sobre o tema, como Alfabetização e letramento: perspectivas linguísticas (Mercado de Letras, 1998); A prática de linguagem em sala de aula: praticando os PCNs (Mercado de Letras, 2000); Livro didático de língua portuguesa: letramento e cultura da escrita (Mercado de Letras, 2003) – em colaboração com Antônio Augusto Gomes Batista, do Ceale/UFMG. Destacam-se ainda suas pesquisas sobre as práticas de leitura e escrita no contexto das mídias digitais: os letramentos múltiplos, ou multiletramentos, discutidos nas obras Letramentos múltiplos, escola e inclusão social (Parábola Editorial, 2009), Multiletramentos na escola (Parábola Editorial, 2012), Escol@ Conectada (Parábola Editorial, 2013) e Hipermodernidade, multiletramentos e gêneros discursivos (Parábola Editorial, 2015)

Rodrigo Abrantes é professor membro da equipe de Tecnologia Educacional do Colégio Dante Alighieri. Começou a lecionar na educação básica em 2000, passando por diferentes modelos de escola e sistemas de ensino, mas foi somente a partir de 2010, com a chegada de um conjunto de tecnologias emergentes no campo da educação, que encontrou condições para atuar de maneira significativa na área, através da personalização das estratégias de aprendizagem. Desde então, trabalhou com as principais instituições que possuem projetos na área de tecnologia educacional. Foi consultor do Instituto Crescer para a Cidadania, e atuou no Grupo de Experimentações em Ensino Híbrido, parceria entre o Instituto Península e a Fundação Lemann. Em 2015, foi Coordenador de Projetos Educacionais na iPlace. Possui graduação e licenciatura em História pela Universidade de São Paulo (USP), contando também com formações em Psicanálise e especialização em História Contemporânea.

Mestre em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela PUC-SP, tem como foco de atuação e estudo as práticas de leitura e escrita em sala de aula. Com base em uma perspectiva discursiva de texto e sócio-construtivista de conhecimento, acredita na leitura como instrumento de transformação e desenvolvimento do pensamento crítico. Com experiência de 25 anos em escolas públicas e particulares, atuou como formadora de professores alfabetizadores e de educadores que trabalham com leitura e produção nas diferentes áreas. Atuou como Coordenadora Pedagógica e Orientadora Educacional do Ensino Fundamental 1 e 2 em escolas privadas na cidade de São Paulo. E como professora EAD no curso de pós-graduação de Docência no Ensino Técnico, no SENAC. Participou ainda da elaboração de material didático para Editora FTD.

Benefícios aos professores participantes

Impacto

Contribuir para a disseminação de conhecimentos e práticas inovadoras, fatores essenciais à transformação da Educação no Brasil.

Coautoria

Ser coautor do estudo “Leitura digital em sala de aula” e expor seu trabalho no meio educacional. O estudo será divulgado para institutos, escolas privadas, secretarias de educação e outros agentes relevantes do setor educacional brasileiro.

Formação

Participar de um seleto grupo de profissionais experientes e engajados com formação de leitores; participar de formações online em leitura e multiletramento lideradas por especialistas nos temas.

Reconhecimento

Possibilidade de participar em eventos educacionais na apresentação do estudo, como um de seus coautores. Participação em vídeos sobre as práticas em sala de aula, recebendo visibilidade e reconhecimento pelos projetos desenvolvidos.

Perfil dos participantes

Educadores engajados (professores, coordenadores, bibliotecários) atuantes em escolas privadas e públicas, que desenvolvam ou estejam aptos a desenvolver projetos de leitura digital com alunos do Ensino Fundamental (EF1 e EF2). Profissionais de Tecnologia Educacional também foram convidados a participar, desde que estivessem associados a um professor com projeto de leitura em sala de aula.

Acesse agora o estudo

Clique no botão abaixo, preencha o formulário e baixe agora o e-book!

BAIXAR E-BOOK