Muitas vezes, as metodologias de ensino convencionais são ineficazes ou insuficientes para o aprendizado do aluno, pois  normalmente não atendem a necessidade de um aprendizado autônomo e construtivo. Nesse sentido, o ensino híbrido apresenta um novo jeito de aprender.

Ele oferece um aprendizado interativo, dinâmico e mais eficiente. Se você se preocupa com a qualidade do aprendizado oferecida e deseja criar ações inovadoras em sua escola, você não pode deixar de ler este post!

O que é o ensino híbrido?

É uma metodologia de aprendizagem considerada promissora para este século, e que proporciona diferentes experiências de aprendizagem sobre um mesmo conteúdo.

O ensino híbrido integra o melhor das modalidades de ensino offline e online. Nas atividades offline, ele traz a interação social e a troca de saberes entre os alunos e entre o aluno e o professor. Já nas atividades online, o estudante aprende a usar a tecnologia nos estudos. Tecnologia esta que possibilita a autonomia, o protagonismo e a possibilidade de interação também com colegas e professores em outro ambiente.

Como ele funciona?

Não basta acrescentar tecnologia nas aulas, é necessário repensar todo o planejamento e ter em mente que professor e alunos assumem novos papéis no processo de ensino-aprendizagem. Deve-se considerar a infraestrutura necessária, a capacitação dos professores, os métodos avaliativos, etc. Definir o tipo de tecnologia que será usado e escolher a plataforma digital que melhor se encaixa à proposta de aprendizagem da escola.

Quais são os modelos que podem ser aplicados?

Existem duas subcategorias de modelos:

  • os disruptivos – rompem com o modelo de ensino tradicional e exigem grandes esforços de adaptação à nossa realidade;

  • e os sustentados — têm algumas características do ensino tradicional e são mais fáceis de serem adaptados.

Conheça alguns modelos sustentados que, atualmente, são usados no Brasil.

Laboratório Rotacional

O professor divide a turma em dois grupos. Geralmente, um grupo vai para o laboratório de informática para uma atividade prática e o outro fica em sala de aula estudando a teoria. Depois de um tempo, os grupos trocam de atividades.

Rotação por Estações

Divide-se os alunos em várias turmas que passam por estações de trabalho que deverão ter seus próprios objetivos, e todos eles devem estar interligados a um único objetivo central. Pelo menos uma estação deve ser feita de forma online.

Rotação Individual

Cada aluno recebe um roteiro personalizado. Ele não é obrigado a passar por todas as estações, mas apenas por aquelas que estão de acordo com seu nível de aprendizado.

Sala de aula invertida

Nesse modelo, o aluno estuda o conteúdo antes que a aula aconteça. Durante ela, os alunos trocam informações, e o professor age como um orientador, tirando dúvidas e ratificando o que foi estudado. Desse modo, o aluno se torna o principal responsável por seu aprendizado aprendendo a buscar, selecionar e interpretar as informações encontradas.

Quais são as vantagens do ensino híbrido?

Os benefícios são muitos, mas vamos resumi-los da seguinte forma:

  • no mundo tecnológico em que vivemos, a escola oferece um ensino que faça uso dessa tecnologia se mostrando atual, atraindo a atenção de pais e alunos;

  • o número de aulas expositivas diminui permitindo maior participação dos alunos e minimizando a ideia de que o professor é o único detentor do saber. Esse tempo adicional ajuda o professor a perceber as dificuldades dos alunos com maior precisão, personalizando o ensino;

  • os estudantes, além de utilizarem a tecnologia, algo que gostam muito, ficam mais interessados em realizar as atividades e desenvolvem sua autonomia;

  • e os pais ficam satisfeitos em verem que, devido a uma maior participação, autonomia e protagonismo, seus filhos estão obtendo melhores resultados.

Outro diferencial que as escolas podem oferecer é o uso de plataformas digitais. Elas registram a participação dos alunos nas atividades, fazem correção automática de tarefas e fornecem relatórios de desempenho. Podemos citar aqui, as plataformas de leitura que estimulam a interpretação de diversos tipos de texto, de diferentes disciplinas. Oferecem atividades de pré e pós-leitura que desenvolvem a capacidade de argumentar e refletir do aluno.

Como você pode ver, o ensino híbrido proporciona uma reorganização das aulas e dos papéis do professor e do aluno exigindo muita dedicação e persistência. Todos devem estar abertos a mudanças para que se obtenha sucesso.

Você já trabalhou com alguns desses modelos de aprendizagem? Como foi sua experiência? Deixe seus comentários aqui no post contando sua opinião sobre eles!

Powered by Rock Convert