Image

Conheça 4 habilidades que todo professor da Educação 4.0 deve ter

By  •  1 ano ago  •  Inove +

Até pouco tempo atrás, tínhamos a sensação de que algumas tecnologias jamais sairiam do plano da ficção. No entanto, hoje é comum ouvirmos sobre descobertas revolucionárias aplicadas não só ao dia a dia das empresas, mas que têm se mostrado promissoras dentro da proposta da Educação 4.0.

Realidade Virtual ou Aumentada, Internet das Coisas e Inteligência Artificial são alguns exemplos dessas tecnologias. Porém, o preparo do professor para lidar com esse novo cenário é ainda mais importante para realmente revolucionar as salas de aula e preparar os cidadãos do Século XXI.

É por isso que vamos abordar esse tema neste post. Explicaremos o que é Educação 4.0 e quais são as principais habilidades que os professores precisam ter nesse novo contexto. Confira!

O que é a Educação 4.0?

É um novo modelo educacional pensado para atender às necessidades da Indústria 4.0, uma tendência que automatiza totalmente a produção por meio da comunicação entre máquinas, sistemas e sensores que promete revolucionar a manufatura.

Entende-se que, para atuarem no mercado e na sociedade diante dessa nova realidade, os atuais alunos precisarão dominar tecnologias avançadas, como a Internet das Coisas, Big Data e Inteligência Artificial. Com essas ferramentas, eles devem ser capazes de solucionar problemas do cotidiano.

Qual será o impacto da Educação 4.0 nas escolas?

Provavelmente, o principal impacto dessa nova proposta é o fato de que ela não estabelece um conjunto definido de conhecimentos a serem adquiridos pelos alunos. A tecnologia está em constante evolução e os desafios apresentados pela sociedade também são novos. Portanto, as soluções obtidas hoje estarão provavelmente obsoletas em pouquíssimo tempo.

Por isso, um dos pilares da Educação 4.0 é justamente o “learning by doing”, que significa “aprender fazendo”. Espera-se que a sala de aula seja um ambiente que ajude os alunos a identificarem problemas e, então, provoque-os a investigar, buscar informações por meio da conexão, criar, experimentar, analisar resultados e avaliar suas descobertas. O último passo seria a avaliação e, se necessário, o início de uma nova busca por soluções melhores ou mais viáveis.

Quais são as habilidades essenciais para o educador 4.0?

Como você pode perceber, não se trata apenas de incorporar a tecnologia ao dia a dia da sala de aula. Os alunos precisarão aprender a desenvolver soluções a partir de uma nova metodologia que prioriza projetos, experiências, aquisição de competências digitais e o empreendedorismo. Portanto, o papel do educador é fundamental para promover essa mudança e levar os estudantes a esse estado de mobilização e descoberta. Veja quais são as principais habilidades que o professor precisa ter nesse contexto!

1. Desenvolvedores de competências

O professor deixa de ser o especialista em determinado conteúdo para se tornar um propulsor para o desenvolvimento de competências. Mais do que apoiar na construção de conhecimentos na relação de ensino-aprendizagem, ele deverá usar metodologias ativas para conduzir a jornada de descoberta dos estudantes, auxiliando-os na busca de informações, geração de soluções e avaliação do trabalho realizado.

2. Líder-pesquisador

As salas de aula se tornam um espaço para a construção de soluções. Portanto, o educador precisará abandonar a abordagem educacional convencional. Ele deixará de ser um expoente do conhecimento para se tornar um líder-pesquisador. Novos problemas surgirão a cada dia, exigindo que tanto os estudantes quanto o professor estejam engajados na busca por alternativas. Por isso, é um processo de descoberta para todos os envolvidos, e não só para os alunos.

3. Usuário da tecnologia

Muitas das soluções propostas pela escola 4.0 envolvem a tecnologia. Por essa razão, o professor desse modelo também deve dominar as ferramentas necessárias para as atividades propostas e servir como um mediador para a execução dos projetos desenvolvidos pela turma.

4. Promotor do bom convívio e tolerância

No entanto, a Educação 4.0 não se restringe a uma visão tecnicista do ensino. Ela entende que a escola continua com um papel essencial na formação de cidadãos críticos e conscientes. Uma das formas de fazer isso é provocando-os a solucionarem problemas reais e contribuírem para o bem da sociedade.

Além desse fator, o educador pode usar projetos colaborativos para promover a sociabilização, a capacidade de trabalhar em equipe e o desenvolvimento de tolerância quanto às visões e comportamentos diferentes.

Esperamos que esse conteúdo tenha ajudado você a entender o que é a Educação 4.0 e como os professores devem se preparar para serem agentes dessa transformação. Achou o post interessante? Compartilhe-o nas suas redes sociais e marque seus amigos!

Powered by Rock Convert