Image

3 exemplos práticos de metodologias ativas

By  •  11 meses ago  •  Inove +

As mudanças educacionais, tecnológicas e sociais que ocorreram nas últimas décadas impactaram diretamente a organização escolar. Os jovens e as crianças atuais são muito diferentes dos alunos que a escola recebia no passado: eles são nativos digitais, têm mais acesso à tecnologia e à informação e estão sempre conectados. Por isso, necessitam de metodologias de ensino diferenciadas e modernas capazes de despertar a sua motivação, como uma aula dinâmica e interativa.

Nesse sentido, as metodologias ativas propõem um eficiente modelo de ensino-aprendizagem que estimula a autonomia intelectual do estudante e utiliza menos aulas expositivas e mais aulas dinâmicas. Assim, o aluno deixa de ser um agente passivo na aprendizagem, que apenas escuta o que é ensinado, e passa a ser o protagonista na construção do conhecimento.

Já o professor, passa a atuar, cada vez mais, como mediador do processo de ensino-aprendizagem, conduzindo as aulas e as discussões. Quer alguns exemplos de como aplicar a metodologia ativa na sua escola e deixar as aulas dinâmicas? Então continue acompanhando!

1. Uso de gamificação

Educação, tecnologia e inovação são alguns dos assuntos mais debatidos atualmente e foi, inclusive, o tema da edição de 2017 da Bett Brasil Educar, um dos maiores eventos de educação do país. A tecnologia por si só não é capaz de tornar a aula dinâmica, mas se bem utilizada e com educadores capacitados, pode contribuir para uma aula dinâmica e eficiente.

Por exemplo, a utilização de estratégias de gamificação aliadas à conteúdo digital podem favorecer a aprendizagem. Tais estratégias, quando bem aproveitadas pelo professor, contribuem para o interesse do aluno, o tiram do papel de espectador e o colocam como protagonista. Os jogos mostram para o aluno o seu desempenho, engajando-o e estimulando-o.

Um ótimo exemplo é o que foi aplicado pela professora de História, Marili Bassini, na cidade de Americana-SP. A professora viu o potencial dos games em sala de aula e pediu que os alunos analisassem o jogo Assassin’s Creed – que possui uma de suas edições ambientadas em Paris no período da Revolução Francesa. A proposta era que os alunos estudassem aspectos da narrativa envolvendo o jogo e identificassem quais deles eram reais e quais eram fictícios – uma vez que esse game não tem um compromisso com a realidade histórica. O resultado: alunos engajados, que fizeram uma profunda pesquisa sobre o tema e aptos a discutir questões ligadas ao assunto.

2. Elaboração de projetos

aprendizagem por elaboração de projetos ou, do inglês, project-based learning (PBL)  permite que os alunos desenvolvam a autonomia, trabalho em equipe, liderança e solução de problemas. Neste cenário, os alunos são agentes ativos do seu aprendizado e responsáveis pela execução do projeto, os quais podem contar ou não com as modernas tecnologias.

Um exemplo de projeto bem-sucedido aliado à tecnologia, ocorreu no interior no Ceará, na Escola Estadual de Educação Profissional Guilherme Teles Gouveia. Nele, alunos do ensino médio utilizaram seus conhecimentos em educação ambiental e tecnologia para criar um aplicativo de smartphone que possibilita o monitoramento dos recursos hídricos dos domicílios, possibilitando a economia de água. Para a realização desse projeto os alunos precisaram executar tarefas, vencer desafios e propor soluções para problemas que não têm uma resposta fácil. Os alunos atuaram como protagonistas do seu aprendizado e precisaram articular diferentes saberes. 

3. Classe invertida

A classe invertida ou, do inglês, flipped classroom, como o próprio nome indica, propõe uma inversão nas aulas tradicionais. Assim, os alunos devem ler o conteúdo em casa e o encontro em sala de aula é dedicado a discussões e resolução de questões. A classe invertida também ajuda a promover a dinamização do ensino uma vez que diminui a quantidade de aulas expositivas e teóricas.

Essas são apenas algumas das tendências da metodologia ativa, que permitem uma aula dinâmica e mais eficiente, propiciando um desenvolvimento real dos alunos. Pronto para colocar em prática na sua escola?

Se quiser saber mais informações sobre técnicas de ensino, siga o Guten nas redes sociais! Estamos no Facebook , no LinkedIn, no Instagram e também temos um canal no YouTube!

Powered by Rock Convert