Image

Leitura na escola: como ela ajuda no desenvolvimento do aluno?

By  •  2 anos ago  •  Leia melhor

Crianças e jovens que são estimulados à leitura ampliam sua capacidade de “contemplar o mundo” e desenvolver o senso crítico para compreender o contexto no qual estarão inseridos ao longo de sua vida. Dessa maneira, atividades pedagógicas que ressaltam a importância da leitura na escola, desde a mais tenra idade até a conclusão do ensino médio, influenciam direta e positivamente na construção de adultos proativos e engajados com a sociedade.

Pensando nisso, neste post, vamos enfatizar alguns dos benefícios do incentivo à leitura para a formação integral dos estudantes. Ainda, vamos compartilhar algumas dicas para fazer com que o aluno possa ser estimulado a ler mais e consiga compreender a intencionalidade do que lê e produz.

Qual a importância da leitura na escola?

De início é interessante frisar que ler vai muito além de decodificar códigos. Essa atividade envolve a atribuição de sentido ao texto e faz com que, assim, seja possível apreciá-lo e fomentar o entendimento sobre diversos assuntos. Todavia, é comum encontrar estudantes alfabetizados que não compreendem nem mesmo o significado das palavras e, por consequência, dos textos.

Não é um problema apenas para os professores de língua portuguesa e literatura. Esse quadro se reproduz por todas as áreas do conhecimento, pois, se não se consegue compreender um texto com eficiência, de qual maneira poderia o estudante interpretar o enunciado de uma questão mais complexa de matemática, por exemplo?

Para ficar ainda mais claro o peso e a importância da leitura na escola para garantir o progresso do aluno, separamos alguns motivos. Veja!

Permite que o aluno amplie o seu repertório sobre diversos temas

A leitura não expõe o aluno apenas a novas palavras, aumentando o seu vocabulário. Ela também permite que ele tenha contato com novas informações, experiências, culturas e realidades. Além disso, ajuda no processo de desconstrução de conceitos pré-julgados dos estudantes e possibilita o conhecimento de uma diversidade de assuntos.

A verdade é que, com a leitura, as pessoas se informam sobre o que bem quiserem. Todo conhecimento pode estar a um texto de distância. Contudo, é interessante ressaltar que há diversas formas de leitura: ela pode ser de um texto oral, escutado em classe, do professor, de uma conversa em casa com os pais ou de um filme, por exemplo.

Impulsiona a criatividade e a comunicação

Ler é um exercício para o cérebro e colabora para que o indivíduo expanda a habilidade de comunicação, pense, imagine e crie mais, uma vez que a leitura é capaz de proporcionar ao leitor um maior repertório sobre diversos assuntos.

Uma pessoa que lê, entende mais sobre um determinado tema e, por isso, consegue se comunicar melhor com as pessoas. Desse modo, a leitura assume um papel social quando auxilia o aluno a se conectar com o mundo com mais facilidade e desenvoltura.

Colabora para a construção do senso crítico

A leitura promove a reflexão e favorece um raciocínio claro. Dessa forma, o aluno adquire uma posição ativa em seu processo de aprendizagem, pois percebe que é capaz de se posicionar diante do conhecimento, de questionar e formular argumentos bem fundamentados. O senso crítico é aguçado e novas competências podem ser desenvolvidas, despertando, assim, a consciência para que se torne um cidadão ativo perante a sociedade.

Aumenta as habilidades de interpretação de texto e escrita

Embora seja um clichê, a frase “só escreve bem, quem lê bastante” é muito real. Estimular a leitura entre os alunos da sua escola é uma forma de aprimorar a capacidade de interpretação deles e levá-los à maior competência na escrita.

Como fazer com que o aluno passe a ler mais?

Com estudantes cada vez mais conectados e munidos de tecnologias, como fazer com que esses recursos estejam a serviço da escola? Como transformá-los em instrumentos de ensino e aprendizagem para criar novos contextos e novas propostas em sala de aula?

Confira algumas possibilidades:

  • ofereça textos de diferentes gêneros e suportes e trabalhe os contextos em que esses textos foram produzidos. A contextualização é fundamental para que os alunos atribuam sentido ao que estão lendo;
  • proponha leitura de temas que promovam a reflexão e que favoreçam a discussão entre os alunos;
  • utilize ferramentas e plataformas digitais de modo que o professor promova o protagonismo do aluno, sendo este convidado a atuar de modo reflexivo e ativo com os colegas e/ou com essas ferramentas;
  • proponha experiências diferenciadas de leitura na sala de aula, e se possível, trabalhando de forma interdisciplinar, pois o processo de ensino e aprendizagem deve ser foco de ensino dos professores das diferentes disciplinas.
  • sugira materiais para lerem nas férias com o intuito de mostrar que a leitura pode ser uma atividade presente em momentos de lazer;
  • promova saraus, leituras de notícias e outros eventos que exercitem a interpretação de texto e aproximem os alunos dos diferentes gêneros discursivos; 
  • monte um clube do livro;

Enfim, compreender a importância da leitura na escola é o primeiro passo para garantir o desenvolvimento de seus alunos e para transformá-los em bons leitores e cidadãos mais críticos. Não é uma tarefa fácil, mas você está no caminho certo!

Gostou do conteúdo deste post? Não deixe de compartilhá-lo nas suas redes sociais!

Powered by Rock Convert