Image

Afinal, a comunicação com os pais interfere no desempenho escolar?

By  •  11 meses ago  •  Inove +

Quando se pensa no processo educacional, pais e escolas têm papéis claramente definidos, que se complementam. A cumplicidade entre família e instituição de ensino reflete-se positivamente no desempenho escolar do aluno.

Se todos os envolvidos estão na mesma sintonia, o estudante tende a aproveitar melhor o período escolar. Neste artigo, vamos sugerir algumas maneiras práticas de estreitar tal vínculo. Continue a leitura e confira!

Convide os pais para dentro da escola

A primeira dica para aprimorar a comunicação com os pais — e, consequentemente, observar uma melhora no desenvolvimento do aluno — é convidá-los para dentro da escola. Durante o ano letivo, aproveite as datas comemorativas para organizar eventos com a presença da família. Trata-se de excelentes oportunidades para que os responsáveis se aproximem da equipe pedagógica e dos pais dos amigos de sala.

Os encontros para celebrar o Dia das Mães, as festas juninas ou o final do ano também são úteis para apresentar os investimentos em novas tecnologias e em infraestrutura e a proposta pedagógica da instituição. Ressalte as boas práticas em sala de aula, especialmente para os pais que têm a agenda atribulada e fazem poucas visitas à escola.

Conscientize-os sobre a importância de participar do processo pedagógico

Outra medida importante, que pode trazer reflexos ao desempenho escolar, é conscientizar os pais sobre a importância de participar do dia a dia da criança ou do adolescente: a escola deve incentivá-los a reservar um tempo para os filhos, priorizando o diálogo. Essa é uma maneira de fazer com que o estudante se sinta valorizado.

Cabe à escola ressaltar, sempre que necessário, a importância de tal parceria. Em casa, os pais devem criar um ambiente de estudo adequado, com todos os recursos capazes de potencializar o processo de aprendizado.

É preciso, ainda, orientar os responsáveis para que eles consigam estruturar uma rotina (o estudante deve ter horários predefinidos para fazer os deveres de casa, por exemplo). Os pais também têm um papel importante na formação de leitores engajados — e, para conseguir isso, é fundamental dar o exemplo.

Além disso, a escola deve orientar os pais para que consigam traçar paralelos entre os assuntos abordados em sala de aula e o dia a dia do aluno. Assim, os filhos vão reconhecer mais rapidamente a utilidade dos conteúdos e (re) descobrir o prazer de aprender.

Aproveite as possibilidades proporcionadas pela tecnologia

evolução digital está transformando a educação. Nesse contexto, é conveniente lembrar que a escola deve se aproveitar das novas possibilidades oferecidas pela tecnologia para estreitar sua comunicação com os pais.

Conforme uma experiência realizada com alunos da rede estadual de São Paulo, essa é uma estratégia que traz ótimos resultados. O envio de mensagens de texto pelo celular para alertar os pais sobre a importância da frequência nas aulas provocou um impacto positivo sobre o desempenho escolar, diminuindo a taxa de repetência e elevando a nota dos alunos participantes no Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp).

Em uma época na qual as pessoas têm agendas cada vez mais atribuladas, a interação online também é útil para economizar tempo, reduzindo a burocracia de diversos procedimentos, além de ser uma ótima ferramenta de marketing educacional.

A verdade é que qualquer iniciativa da escola para estreitar a comunicação com os pais acaba se revertendo em benefícios para o desempenho escolar do estudante.

Gostou deste artigo? Então, assine nossa newsletter ao final dessa página para receber todos os conteúdos diretamente em seu e-mail. Até a próxima!

Powered by Rock Convert